Logística verde: o que é e como funciona

Como o próprio nome já diz, a logística verde é um método onde todos os processos logísticos são redesenhados com a finalidade de diminuir o impacto negativo de poluição ao meio ambiente. Por meio de recursos e processos, é possível traçar um planejamento de reciclagem e de redução da produção de lixo, envolvendo até transportes e combustíveis.

Os princípios da ecologística atuam com reparo, reutilização e reciclagem, ou seja, realizar os reparos de todo material possível antes de descartá-lo - o que não foi gasto deve ser reutilizado e reciclar o material disponível dando um novo uso para auxiliar na diminuição da produção do lixo.

Com a constante preocupação com o nosso meio ambiente, a logística verde tem se tornado cada vez mais necessária dentro das empresas, não somente preservando o que é nosso, mas também para conscientizar outras pessoas da importância da reciclagem.

LOGÍSTICA VERDE NA PRÁTICA
É importante saber a teoria da logística verde, mas é ainda mais essencial saber como funciona na prática e começar a aplicar os procedimentos de preservação do meio ambiente nos negócios. Por isso, vamos saber como utilizar a logística verde logo abaixo:

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
Os sistemas de TI podem monitorar as embalagens, o que garante sua reutilização, evitando que sejam descartadas. Além disso, é possível separar e medir todo o lixo gerado e encaminhá-lo aos locais corretos para descarte, o que reduz a quantidade de combustível (que também pode agredir a natureza) e otimiza a rota dos caminhões.

MENOS LIXO E MAIOR PRODUTIVIDADE
Como mencionamos acima, a reciclagem e a economia de recursos que podem agredir o meio ambiente trazem mais lucros para a empresa da forma correta, pois além de haver a economia de combustível, há a reutilização de recursos em vez da substituição. Além disso, é possível também buscar meios mais sustentáveis para os combustíveis.

LOGÍSTICA VERDE X LOGÍSTICA REVERSA: QUAL A DIFERENÇA?
Tanto a logística verde quanto a logística reversa são mais que fundamentais para a logística da empresa e, por meio de seus procedimentos, é comum confundir uma metodologia com a outra. Mas será que ambas têm similaridades?
Partindo para a prática, a logística verde é uma metodologia de preservação e conscientização do meio ambiente, enquanto a logística reversa é uma área bem específica da logística verde que atua nos fluxos físicos das embalagens e dos produtos, trabalhando no retorno destes ao local de origem.

Ambas têm a função de não somente reduzir gastos, mas também atuar na sustentabilidade do meio ambiente e diminuir os impactos negativos com relação ao desgaste. As empresas que adotam a logística reversa tomam a garantia de que haja a separação correta dos produtos a serem reutilizados ou reparados, diminuindo os resíduos.

Ou seja, a logística reversa faz parte da logística verde, trabalhando junto dessa metodologia com o mesmo propósito: aumentar os lucros de forma correta o mais sustentável possível e, principalmente, salvar a nossa natureza.

A logística verde se torna cada vez mais presente em nosso meio, conscientizando sobre a preservação do meio ambiente dentro e fora das empresas. Vivemos em tempos em que os recursos naturais estão se esgotando cada vez mais, por isso, é necessário que façamos nossa parte tanto como empresa quanto indivíduo.